Pesquise neste blog

quinta-feira, 17 de abril de 2014

Quando passamos por serias dificuldades na vida, perdemos a vontade de nos divertir, de compartilharmos com quem nos é proximo...



Quando passamos por serias dificuldades em nossa vida, é bastante natural que nosso nível de humor diminua perdermos a vontade de nos divertirmos, de compartilhar com os que nos são próximos. Isso não é de nenhuma forma ser fraco, é um processo natural da vida. 


Os problemas, os momentos tristes e desesperadores acontecem na vida de todos nós, e não apenas de quem recebeu um diagnostico de câncer. Não é fingindo que não estamos tristes, que não estamos abatidos diante de fatos que nos deixa ansiosos, e muitas vezes sem conseguirmos ver uma saída que vamos ser positivos. 

A nossa força não está em fazer de conta que nada está acontecendo. A nossa força se encontra na forma como vamos lidar com os fatos que nos desafiam. 

Não tem como sermos impenetráveis aos acontecimentos negativos da vida. Mas existe como aprendermos a construir em cima desses fatos negativos. Ou seja, tem como orientarmos nossos dramas para tirarmos o máximo de lição dele. 

E assim, modificarmos nossa vida positivamente, e quem sabe até modificarmos a vida dos que nos rodeia. 

Tenha certeza que os momentos difíceis vão acontecer sim. Mas se orientarmos nossos pensamentos e nossas atitudes para que esses momentos sejam superados? 

E se aprendermos a aceitar a transformação em nosso corpo e em nossos sentimentos como um momento de transformação, e enfrentarmos os desafios que representa para nós todas essas transformações? Sem duvida vai bem mais fácil lidar com o problema. 

Vamos dar atenção a esses fatos desagradáveis, e muitas vezes até desesperadores, e entender o que eles estão querendo nos ensinar.

Infelizmente nossa cultura não nos ensina a aceitar e viver com os sentimentos de tristeza, de ansiedade, de medo, de raiva, de frustração. 

Fomos ensinados que esses eram sentimentos negativos, ruins e por isso aprendemos a escondê-los dentro de nós.  Essa é sem nenhuma duvida um dos motivos de tantos cânceres hoje. 

Não sabemos como lidar com nossas dores emocionais, e vamos escondendo dentro de nós. Em algum lugar elas têm que sair serem liberadas soltas.  

Hoje eu acredito que uma das habilidades mais importantes em nossa vida seja essa, aprendermos a lidar com a dor emocional, não sabemos deixar os acontecimentos tristes e que nos dói simplesmente acontecer. 

Não nos foi ensinado a presenciar a tristeza, a dor e a permiti-la. Basta ir a um velório ou ao um hospital e vamos ver essa verdade de frente.

 ”A maioria das pessoas faz qualquer coisa para que o outro não ‘sinta” a dor emocional, como se isso não fosse natural da vida. Entenda a tristeza, a dor, o medo, a raiva, as decepções, não são nossos inimigos, desde que permitirmos que essas emoções existam em nós, e as incorporamos. 

Aprendemos a repudiar esses sentimentos que nos causa dor emocional, e nos esquecemos de que eles fazem parte da nossa condição de humanos, fazem parte da vida de uma forma mais ampla. 

Tudo o que vive em nós ou mesmo através de nós é parte da nossa experiência como seres humanos, tudo isso tem utilidade e não precisamos escolher o sofrimento e a infelicidade para aprendermos com as experiências tristes da nossa vida. 

Seu comentário é importante para meu trabalho, deixe-o aqui.
Muito obrigado!
Fátima Jacinto
Postar um comentário
Custom Search