Pesquise neste blog

quarta-feira, 23 de abril de 2014

Seu melhor príncipe encantado é seu diploma universitario -

Este texto é para minha filha Amanda:
Filha este é o nosso mês, de todas nós mulheres. E também é a época que você escolheu para dar um você passo e cobrir mais uma etapa em sua vida. Comecei a escrever essa carta já a alguns dias, mas tive que me ausentar como sabe, e hoje decidi termina-la e fazer algumas modificações. Na verdade é uma carta para todas as mulheres da sua geração. É uma carta onde deixo a você alguns conselhos que acredito lhe serão muito úteis
em sua caminhada, mas também vejo o quanto nós mulheres já demos longos e definitivos passos para nos transformarmos, e você foi a pessoa que sempre me fez ver isso:
Conceber a nossa alma feminina hoje é nos deparar com um desafio obscuro. Na realidade vivemos uma escravidão de alma. Somos escravas da nossa própria densidade física, do nosso ego, das coisas da matéria. Nossos caminhos sempre foram caminhos de violência em todas as formas. Cultural, religiosa, filosófica, desde a nossa integridade física até a transformação total dos nossos valores éticos, da nossa essência e da nossa moral feminina e do respeito que temos por nós mesmas., por nosso corpo e nossa função divina de procriar de perpetuar a raça humana.
Muitas vezes alheias ao nosso poder e a nossa capacidade de nos transformarmos e nos gerir, seguimos pela vida amargas, ansiosas, dependentes de um companheiro quase sempre nem tão companheiro assim. Mas estamos mergulhadas em nossa própria incompetência, nos empobrecemos em metas, e nos contentamos em buscar apenas as sensações físicas, quase sempre sem muito entusiasmo, e por isso não conseguimos chegar a plenitude que tanto ansiamos.
É necessário e urgente nos conhecermos, buscar dentro de nós para crescermos, e assim estabelecermos com nossa alma a paz e a felicidade.
“Ninguém ama ninguém que não se ame”, pura verdade. Ninguém se sente bem ao lado de uma mulher amarga, neurótica e desequilibrada, bem como de um homem assim . a dor, o sofrimento, as nossas necessidades materiais, as traições são fatos reais em nossa vida, mas não são justificativas para o desequilíbrio. Mas a verdade é que estamos mergulhadas no pântano das emoções, e por isso nossa alma está fechada para a alegria, não nos permitimos sentir nada além da dor.
Nosso maior desafio como mulheres é sermos mulheres. – è nos virarmos do avesso em busca do nosso verdadeiro caminho, essa é sem duvida uma tarefa árdua e muito difícil, mesmo porque temos dificuldade em aceitarmos que o que encontramos nesse encontro é verdadeiramente quem somos, e como somos. Surpreendemo-nos com as fantasias do nosso ego, dos nossos sentimentos. E depois sempre vem a grande batalha da transformação. Muda aqui, muda ali, e a dor se faz presente em nossas diversas mudanças, de diversas formas.
Mas mesmo assim temos que continuar caminhando serenamente entre a dor e a verdade de nossa alma, conscientes de que nossa meta estabelecida e a plenitude que desejamos alcançar. Mas não podemos perder o foco das batalhas que teremos que combater no caminho, sempre sem perdermos a alegria das descobertas.
Quando decidir ter um filho lembre-se é você quem pari o homem, que o cria, e o educa para a vida. Portanto o homem será sempre o resultado da formação e da informação que receber de você.
Você já pode sem duvida alguma desmistificar a velha lenda do príncipe encantado protetor, aquele que irá te salvar de um destino cruel, e assim vocês poderão viver felizes para sempre.
Filha seu príncipe encantado é seu diploma de graduação, seu maior protetor hoje para a sua felicidade material é seu diploma de mestrado e não tenho duvida que você está a caminho de conseguir também o cavalo branco que sem duvida alguma será seu doutorado. Esse é o seu casamento perfeito, a sua garantia de um futuro seguro sempre, é a chave do seu castelo de princesa, que será seu abrigo físico e o provento necessário. Quanto ao cavaleiro que lhe dará os beijos mágicos e sedutores, o seu parceiro na mesma meta de vida, acredito que hoje você o tem também, e a maior qualidade que vejo em seu noivo é exatamente essa, o ser humano, nada mais do que isso, o ser seu companheiro, nunca notei nele nenhuma vontade de ser um personagem de conto de fadas, de se mostrar ser o que não é. Seu noivo não é um herói de quadrinhos ele é sem duvida alguma um companheiro para a grande jornada que vocês empreenderão daqui para frente. Parabéns filha por ter conseguido encontra-lo. Juntos vocês sem duvidas dividiram os proventos, as emoções, os prazeres do corpo e a função divina de serem pai e mãe de outro ser humano.
Fico feliz em saber que você não precisa carregar consigo o sentimento de culpa que até minha geração fomos obrigadas a carregar, de um relacionamento frustrado por termos colocado muitas expectativas não humanas em nosso companheiro, em nosso “príncipe encantado”.
Busque sempre amar com transparência e com o coração. Só assim você poderá ser livre e plena para usufruir verdadeiramente dessa parceria maravilhosa no amor. Eu amei com o fígado no lugar do coração e só trouxe amargura para meu relacionamento, transformei juntamente com seu pai um, convívio que poderia ser livre e gostoso em uma relação neurótica, sofrida, cheia de cobranças, deveres obrigações e muita culpa.
O amor trás antes de qualquer obrigação a liberdade. A plenitude está na sabedoria de vivencia-la.  Cabe a nós como mulheres estarmos atentas as agressões a nossa natureza. Não nos cabe mais rótulos, que são resquícios de um tempo de opressão patriarcal, que nos subjugou a condições de seres menores, sem personalidade, e influenciáveis.  Lembre se que já nos foi negado até mesmo o direito de parir, quando instituíram que a noss origem era a costela de um homem, negando assim a divindade que somos como mães, criadoras. Negando o nosso útero, transformando o ato de sermos mulheres em algo sujo e pecaminoso.
Somos simplesmente mulheres, e como tal queremos existir com todas as nossas características que nos faz seres tão singulares.
Seja sempre feliz esse poder é seu.
Sua mãe
Fátima Jacinto

Postar um comentário
Custom Search