Pesquise neste blog

quarta-feira, 23 de abril de 2014

A tentativa de nosso corpo em se curar, faz com que adoeçamos.


Nossas doenças são uma tentativa do nosso corpo de curar a si mesmo, a sobrevivência biológica contra os eventos emocionais incontroláveis, de modo que qualquer órgão nosso danificado corresponde a um especifico sentimento e sem duvida alguma tem uma relação direta com nossas emoções e nossos pensamentos.

Se quisermos curar nossa doença integralmente teremos que aprender a olhar para a fonte da solução, ou seja, para nossas emoções. Esse é um método de tratamento rápido porque se conseguirmos identificar quais são as emoções que estão bloqueadas determinada parte do nosso corpo, e as desbloquear, estaremos sem duvida alguma nos curando da doença.

Possuímos recursos internos fabulosos que se não despertarmos permaneceram adormecidos a vida toda, e nunca vamos conseguir nos curar.

Mas temos que entender que o poder de decisão repousa sempre em nosso intimo, é ai que está o poder que pode nos tornar capazes de assumirmos o controle imediato de nosso destino. Essa força invisível que dirige nossos pensamentos, ações e sentimentos, tanto os bons quanto aos maus, a cada instante da nossa vida.

Se fornecermos a chave do controle consciente do nosso sistema emocional podemos sem duvida alguma eliminar a auto sabotagem impedindo que a nossa programação passada continue controlando nosso presente e influenciando nosso futuro.

Para isso não precisamos ser dramáticos, nem vivermos em solidão e muito menos ficarmos a espera de uma inesperada doença. Sem duvida alguma o nosso trauma interno ira se manifestar em nosso corpo. E para evitarmos isso ou para curarmos nossa doença física tudo o que temos que fazer é desbloquearmos as nossas emoções que estão causando a doença.

Temos em nós diferentes órgãos e também diferentes emoções. E cada uma delas corresponde a um dos nossos órgãos.
Seu comentário é importante para meu trabalho, deixe-o aqui.
Muito obrigado!
Fátima Jacinto
Postar um comentário
Custom Search