Pesquise neste blog

segunda-feira, 28 de abril de 2014

Começamos a entender porque nossa vida não funcionou até agora depois de um diagnostico de câncer....



Quando recebemos um diagnostico tão “definitivo” como é do de que estamos com um câncer, começamos a entender que a vida que levamos até aquele momento de alguma forma não funcionou. 

Não existe mais a opção da ilusão, por mais que a gente tente não dá para nos iludirmos mais.  É chegada a hora de falarmos a verdade, nosso corpo não está mais por conta de permitir nada menos do que a verdade, ele não está mais falando com gentileza e educação conosco, ele agora está literalmente gritando: “VOCÊ VAI ME MATAR, PRESTE ATENÇÃO”. 

Essa mensagem chega clara para nós, em alto e bom som. Vamos ter que aprender a nos reeducar, se quiser ainda alguma chance da vida. 

Vamos ter que amadurecer emocionalmente e nos tornar antes demais nada pessoas saudáveis e maduras emocionalmente que sabe se aceitar, se respeitar e se amar.

Fácil, não eu já disse em outras ocasiões que fácil e tranquilo, é tomar a quimioterapia, e talvez um ou outro medicamento para tirar nossa dor, e colocarmos a culpa no medico, na vida, da falta de sorte, e se possível em nossa família, no governo enfim a lista de “culpados” é bastante extensa.  

 A resignação é talvez a maior causa de morte, porque quando nos vemos como impotentes diante do que a vida está nos mostrando na verdade já estamos mortos. 

O que eu aprendi com o câncer foi que é preciso que tenhamos uma nova abordagem diante do que está nos acontecendo, precisamos nos conhecer mais e profundamente, só assim teremos o poder de reverter as nossas condições. Eu não quero de forma alguma dizer que a causa dessas condições, tenha sido descoberta, porque no fim das contas o câncer está ligado a tudo que envolve a vida, principalmente o que acontece com nosso corpo. 

É por causa disso, precisamos remodelar a nossa vida em muitos níveis, o que significa termos consciência do que fizemos e estamos fazendo com a nossa vida. Isso não significa de forma alguma no s culpar, mas sim nos responsabilizarmos e nos comprometermos com uma mudança seria e consciente. 

Uma abordagem direta diante da vida que estamos levando, um novo olhar sobre o câncer sem duvida vai te ajudar a ter uma chance muito maior de aprender e viver o que aprendeu. Hoje eu vejo o câncer que está em mim, como uma neblina, que quando olhamos para ela se parece indissolúvel, mas todos nós sabemos que uma neblina pode e irá se dissipar em algum momento. 

A noticia maravilhosa que tenho é que o nosso Eu verdadeiro nunca está com câncer, então tudo o que está nos acontecendo é apenas em alguns níveis da nossa vida, não é de forma alguma definitivo. 

Quando tomamos o caminho para nos encontrar, e nos transformar, vamos conquistar muito mais do que apenas a cura do câncer que pode até está em nós ainda,  vamos nos emergir como uma nova luz, e ver a vida de uma maneira totalmente nova, e especial. Vamos literalmente ganhar uma vida nova. 

Seu comentário é importante para meu trabalho, deixe-o aqui.
Muito obrigado!
Fátima Jacinto 
Postar um comentário
Custom Search